SCM Music Player - seamless music for your Website, Wordpress, Tumblr, Blogger.


all star

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as índias mas a terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem ficou pra hoje

Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu all star azul combina com o meu preto de cano alto
Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem ficou pra laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem, ficou pra hoje



(já sou tão de ti e tu de mim

em pouco tempo assim,

isso se chama ♥)


menina-esponja

"Assim de repente parece que perdi a alma."
disse ela como se fosse outro. e era na altura.
era eu, que estava fora de mim, e era preciso que eu fosse alguém
porque sem eu não existo.

uma canção ao eu sem mim
que sou eu sempre
sem sequer ser eu a original
mas outra Pessoa pretendida
ou encontrada
ou mal amanhada,
tanto faz.

o eu que me conhecem,
e que conheço também,
é uma série de eles
coleccionados
desmontados
transformados
líquidos,
como é do conhecimento geral.
o eu que fica quando estou fora de mim,
ah como odeio o seu riso agudo,
é como uma esponja transformada em tijolo.
menina-esponja.
se não fosse um tijolo até me podia rir, eu.
em vez disso ri-se este riso agudo e odiado
de tijolo, cor de tijolo, duro de tijolo, terra de tijolo, lama sólida e concretizada e oca!

eu quero água!
que inunde, derrube, destrua, derreta, arraste, lave, revigore!
um eu que seja eu
sem ser este eu que ouve dizer que assim de repente, parece que perdeu a alma
quero uma esponja pra mim.

Priscila Lima

Minha foto
priscila♥
cachinhos, óculos, camiseta, jeans apertado, tênis, mochila, câmera, tintas, alargadores, feminismo, veganismo, skate, hardcore, straight edge, lover, fotógrafa, graffiteira e louca
Visualizar meu perfil completo

seguidores

Blog contents © Priscila Lima 2011